Além das Confederações: Brasil, muito mais que carnaval, futebol e samba


O último episódio do "Além das Confederações" traz o Brasil, o nosso país é famoso por seu futebol e seu povo hospitaleiro, também guarda muitas curiosidades interessantes, como a grande fauna e flora e a miscigenação existente em nosso território.

O Brasil é o maior país da América do Sul, fazendo divisa com o Uruguai, Paraguai, Argentina, Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. Também tem a maior economia sul-americana e a sétima maior do mundo com o PIB nominal de US$ 2,395 trilhões.

O nome "Brasil" deriva do pau-brasil, uma árvore de grande abundância no país muito extraída para a produção de tinturas. Antes, já foi chamado de Ilha de Vera Cruz e Terra de Santa Cruz.

O Brasil atual tem grande crescimento emergente, fazendo parte do BRICS. A Língua Portuguesa é uma herança da colonização de Portugal, liderada por Pedro Álvares Cabral, conhecido vulgarmente como "o descobridor do Brasil".

Sobre a miscigenação, ela é resultado das grandes migrações ao nosso país durante o século XIX, que recebeu italianos, alemães, orientais, etc, sem esquecermos dos povos indígenas e africanos que já estavam aqui antes desta época. Hoje, o Brasil pode ser considerado um dos povos mais miscigenados do mundo. Sua população de 193.946.886 de habitantes é uma das maiores do mundo, dispersos no quinto maior território entre os países do planeta (8.515.767 km²). A densidade é baixa, cerca de 22 hab./km².

Os índices sociais são menores que de países vizinhos como Uruguai e Argentina, o IDH é de 0,730. A capital do país já foi Salvador e Rio de Janeiro, hoje é Brasília. São Paulo é a metrópole brasileira mais populosa.

Se não bastasse a população bastante diversa, o clima brasileiro também é muito contrastante, chegando ao calor tropical das praias nordestinas ao frio das serras gaúchas e catarinense, por exemplo. Também é no Brasil que encontramos a maior floresta tropical do mundo, a Amazônia.

O "Além das Confederações" chega ao fim. Continue no Geografia Opinativa.
Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »