Corpos Celestes


O nosso universo é composto por muitos corpos celestes derivados da mesma nuvem estelar, que teriam sido formados a bilhões de anos atrás com uma explosão de tamanho astronômico: o bing-bang.

Entre os principais tipos de corpos celestes, isto é, astros que "viajam" pelo espaço, temos os asteroides, cometas, estrelas, meteoros, satélites e planetas.

Asteroides - De tamanho reduzido, os asteroides são corpos celestes irregulares. Podem estar orbitando livremente, porém geralmente ficam nos cinturões de asteroides, ou anéis, de alguns planetas.

Cometas - Também de tamanho menor que os planetas, os cometas movimentam-se ao redor do sol em uma órbita. Suas rotas podem ser marcadas por rastros, as famosas caudas.

Estrelas - Uma estrela tem uma peculiaridade: ser um corpo celeste que apresenta luz própria. Seus tamanhos variam bastante. Um bom exemplo é o sol, a principal estrela do nosso sistema.

Meteoros - Os meteoros tem tamanhos bem reduzido. Na verdade, são astros que, ao entrarem dentro da atmosfera terrestre, se aquece a cria um fenômeno luminoso conhecido como "estrela cadente".

Satélites - São conceituados como astros menores que giram em torno de outros maiores. A nossa lua, por exemplo, é um satélite que gira ao redor da Terra. Há planetas inclusive que tem muitas luas, como Júpiter, com 16 ao todo.

Planetas - Os planetas são astros que recebem luz de uma estrela e giram em torno dela. Um exemplo é a Terra, que recebe luz do sol e orbita em torno do mesmo. No nosso sistema solar temos 8 oficialmente planetas (do mais próximo ao mais distante do sol): Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.

Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »