Economia dos Estados Unidos


Os Estados Unidos da América têm atualmente a economia mais forte e desenvolvida do mundo, contando com um PIB (Produto Interno Bruto) que gira em torno de 14,6 trilhões de dólares, o maior do mundo.

A economia estadunidense destaca-se em todos os campos, tendo um mercado aberto a exportação e um grande mercado de consumo interno.

SETOR PRIMÁRIO

No setor primário, temos como destaque a agricultura, extremamente rentável e mecanizada, onde encontramos o cultivo de milho, algodão (este muito comum em torno do Golfo do México), trigo e amendoim (no sul do país). Esses materiais colocam os EUA no topo da lista de exportação.

Na pecuária, o país novamente tem força, já que conta com um dos maiores rebanhos comerciais do mundo, apenas atrás do Brasil. Ovinos e suínos também destacam-se. As áreas localizadas no centro-sul do país é a mais produtiva nesta questão.

A pesca é feita também de forma mecanizada, principalmente nas águas frias do estado do Alasca. A silvicultura tem força por conta do grande território do país, sendo boa parte dele coberto por florestas. O país também é rico em minerais. O petróleo, o carvão e o gás natural são os principais recursos naturais dos EUA neste sentido.

SETOR SECUNDÁRIO E SETOR DE SERVIÇOS

A indústria manufatureira é muito forte, principalmente na Califórnia. A indústria automobilística (o centro automobilístico é Detroit, porém hoje a cidade passa por sérios problemas de violência urbana e desemprego), de computadores, indústria química, alimentícia, têxtil, entre outras, também são muito fortes e influentes em mundo todo.

No setor terciário surge o turismo, importante motor econômico dos EUA, já que o país é muito procurado, principalmente as grandes cidades como Nova Iorque. O sistema de transportes é de boa qualidade, tanto estradas, ferrovias, entre outros. O setor das finanças também é importantíssimo, passando pelos bancos, sistema imobiliário e a bolsa de valores.

Os EUA também participam do NAFTA, em conjunto com o Canadá e o México, dois dos seus maiores parceiros comerciais.

Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »