Geografia do Reino Unido - Relevo, Hidrografia, Clima, Vegetação e Características Gerais


O Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte é um país insular localizado no continente europeu, mais precisamente na parte norte do continente, sendo separado da França pelo Canal da Mancha, dentro do Oceano Atlântico.

A soberania do reino está sob comando da Rainha Elizabeth II, detendo poder dos quatro principados: Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte (este último localizado na ilha vizinha a Grã-Bretanha, dividindo-a com a República da Irlanda), além de países submissos ao reino, como Canadá e Austrália, sem falar nos territórios ultramarinos no oceano.

Atualmente o país é uma das potências econômicas do mundo, porém séculos atrás, o Reino Unido foi o grande desbravador dos oceanos, mantendo ligações comerciais que transformaram o lugar na nação mais poderosa até a Grande Guerra.

CARACTERÍSTICAS GERAIS
Bandeira
Capital: Londres;
Área: 244,8 mil km²;
Moeda: Libra esterlina;
População: 60,9 milhões (2007);
Densidade Demográfica: 246 hab./km²;
PIB: 2,24 trilhões;
Idioma: Inglês

CLIMA


O clima britânico é principalmente moldado pelas águas do oceano. O clima mais quente da região se dá por conta de uma corrente aquecida provinda do Golfo do México, fazendo os verões terem temperaturas elevadas e os invernos amenos, variando durante o ano entre cerca de 10ºC até no máximo 35ºC. A ocorrência de neve ocorre em terras mais elevadas, principalmente das montanhas da Escócia. Em geral, o clima britânico é temperado oceânico.

Uma das principais características da região é a alta pluviosidade. Os ventos que trazem a umidade do oceano despejam suas águas sobre o país durante praticamente o ano inteiro.

RELEVO
Ben Nevis, ponto mais alto do Reino Unido
O relevo britânico é bem distinto dependendo da região. É no norte em que encontrando as maiores elevações, o Ben Nevis, por exemplo, é o ponto mais alto do país, com cerca de 1.343 metros de altura e fica localizado no norte do país. Na verdade, é no território escocês onde vemos os principais tecidos geológicos, de montanhas, apesar destas raramente atingirem altas altitudes, até depressões.

Indo em direção ao sul, é possível vermos o surgimento de planícies, principalmente na região da Inglaterra, até na parte oeste onde surgem colinas que terminam no mar da península da Cornualha.

HIDROGRAFIA

Rio Tâmisa, o mais importante rio do Reino Unido
Os rios mais importantes do Reino Unido são o Tâmisa (338 km) e o Severn (290 km). No geral a hidrografia de lá apresenta rios curtos e cheios por conta dos níveis pluviais.

A navegação dos rios torna-se viável por conta do pouco encachoeiramento que eles apresentam em suas extensões. Entre outros que podemos destacar temos o Trent e o Ouse, além dos rios Bann e Mourne, na Irlanda do Norte.

Os lagos são bastante comuns, a maioria são presos nas montanhas do norte, formados pelo derretimento de geleiras no passado.

VEGETAÇÃO

A floresta temperada, com árvores que perdem as folhas de uma vez, conhecidas como caducifólias, já foram grande maioria no passado, hoje sendo mais raras em toda a região, presente em sua maioria em reservas naturais. A vegetação rasteira surge nos planaltos setentrionais, com gramíneas e outras plantas do tipo.





Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »