O Mar Mediterrâneo


Importante rota comercial durante a Idade Antiga, o Mar Mediterrâneo é o maior e mais profundo mar interior do mundo, com cerca de 2,5 milhões de km² e uma profundidade de 1400 metros, ficando encostado entre Europa, África e Ásia.

Foi próximo a este mar que desenvolveram-se grandes civilizações, como o Antigo Egito, Grécia e Império Romano, estes que, em sua máxima extensão, o chamavam de "Mare Nostrum" (Nosso Mar). Por conta disso, o Mediterrâneo sempre foi uma importantíssima rota marítima, principalmente do comércio de especiarias, como é o caso dos grande navegadores fenícios e de genoveses e venezianos.

O mar faz parte do Oceano Atlântico, adentrando a Eufrásia pelo estreito de Gibraltar, entre Espanha e Marrocos até a Anatólia. Um dos rios mais importantes do mundo, o Nilo, deságua lá.

Algumas penínsulas, como a Ibérica, Itálica, Balcânica a da Anatólia adentram o mar, assim como algumas ilhas como o Chipre, a Sardenha, Creta e Sicília. Dentro de sua extensão, ainda encontramos mares menores, como o Jônico, Egeu, entre outros. Além do Estreito de Gibraltar, que liga o Mediterrâneo ao Atlântico, o Bósforo (liga ao Mar Negro) e o Canal de Suez (liga ao Mar Vermelho) também fazem ligações com outras águas.

Atualmente, o Mar Mediterrâneo tem servido como caminho de migrantes de buscam melhores qualidades de vida da África para o continente europeu.
Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »