Você sabe o que são falésias?

Falésia na Irlanda. Por Bjørn Christian Tørrissen – Own work by uploader, http://bjornfree.com/galleries.html, CC BY-SA 3.0.

Falésias nada mais são que paradões altos e abruptos que começaram a ser esculpidos pelo mar a milhões de anos atrás. Seu surgimento se dá pelo forte poder de erosão das águas do mar que, ao bater em áreas mais altas, criam uma espécie de parede íngreme, as falésias.

Elas são só mais um resultado da dinâmica externa da terra provinda da ação dos oceanos, assim como os tômbolos ou as restingas.

Em outras palavras, o mar, quando entra em ação com parte mais elevada por relevo, “cava” uma pedaço das rochas que compõem o terreno (abrasão marinha), criando este espetáculo natural, muito comum em todo mundo.

No nosso país, falésias compostas da cavação do arenito são mais comuns desde as praias do norte/nordeste, até o estado do Rio de Janeiro, criando paredões avermelhados. Já o restante do país (litoral sul), as paredes esculpidas geralmente apresentam coloração mais escura, por conta da rocha a sofrer transformação do mar ser o granito.

Apesar de serem mais comuns no litoral, é possível encontrar falésias mais antigas longe da costa, provando assim onde o mar já alcançou no passado. São estas chamadas de falésias mortas por não sofrerem mais ação do mar. As que localizam-se próxima as praias são conhecidas como falésias vivas por ainda serem resultado de ação marinha.

Share

Meu nome é Fernando Soares de Jesus, natural de Imbituba/SC, geógrafo pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestrando na área de Desenvolvimento Regional e Urbano na mesma instituição. Criei este blog ainda no Ensino Médio, em meados de 2013, com o objetivo de compartilhar e democratizar o conhecimento geográfico, desde o campo físico até o campo humano, permitindo seu acesso de maneira clara e descomplicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *