Geografia da Bolívia - Relevo, Hidrografia, Clima e Características Gerais


A Bolívia (Estado Plurinacional da Bolívia) é uma país localizado na porção centro-oeste da América do Sul. Não dispõe de costa marítima e faz divisa a norte e leste com o Brasil, com o Chile e Peru a oeste e a Argentina e Paraguai ao sul. Junto com esse último, é considerada a nação mais atrasada da América do Sul. Também faz parte da Comunidade Andina de Nações.

CARACTERÍSTICA GERAIS

Bandeira
Capital: La Paz (Sede do Poder Executivo e Legislativo) e Sucre (Sede Oficial e do Poder Judiciário)
Área: 1.098.581 km²
Moeda: Boliviano
População: 10.426.160 habitantes (2010)
Densidade Demográfica: 8,9 hab./km²
PIB: US$ 45,5 bilhões
Idioma: Espanhol
Principais Cidades: Santa Cruz de La Sierra, El Alto, La Paz e Cochabamba

CLIMA

O clima boliviano varia bastante por conta da altitude. Na região de planície amazônica, o clima é equatorial úmido, com forte pluviosidade e altas temperaturas durante praticamente o ano todo. Partindo para as depressões centrais, o clima tropical domina, enquanto boa parte do leste do país (Chaco) tem clima semi-árido. O frio toma conta da região dos Andes, na parte oeste do país, que sofre um grande alargamento, ocupando boa parte do território.

RELEVO

Assim como o clima, o relevo da Bolívia também é muito variante. Entre suas principais formas, encontramos planícies no entorno nordeste a sudeste, e também no trecho amazônico. Na região oeste, encontramos os Andes Ocidentais e Orientais e, entre eles, os altiplanos, onde inclusive localiza-se o Lago Titicaca, o lago navegável mais elevado do mundo. O ponto culminante da Bolívia é o Nevado Sajama, com um pouco mais de 6.500 metros de altura.


HIDROGRAFIA

Basicamente, a Bolívia tem três importantes redes hidrográficas: Bacia do Amazonas, Central e da Prata. A primeira é compreendida ao norte, tendo como principais afluentes os rios Madre de Dios, Orthon e Abuná. Na parte central, o Lago Titicaca está em conjunto também com o rio Desaguadero e o Salar de Uyuni. No Sul, também conhecida como Bacia da Prata, temos o Rio Paraguai, Pilcomayo e Bermejo como principais.

Fonte: Info Escola





Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »