Geografia de São Paulo - Características Gerais, relevo, hidrografia, clima e vegetação


O estado de São Paulo (SP) é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Localizado na região sudeste, o estado detém boa qualidade de vida e a sua capital é a maior cidade e o motor econômico do país.

São Paulo faz divisa ao norte com o estado de Minas Gerais, leste com o Rio de Janeiro, oeste com o Mato Grosso do Sul e sul com o Paraná.

As maiores atrações do estado concentram-se na capital, como a Avenida Paulista, Parte do Ibirapuera, o Mercado Municipal, o Memorial da América Latina, entre outros. Mas, o interior e o litoral trazem grande belezas, como as belas praias de Guarujá e Santos, o aconchego e o turismo de inverno de São José dos Campos e o Teatro São Pedro II, em Ribeirão Preto. Também é no estado onde localiza-se a cidade com mais alta qualidade de vida do Brasil: São Caetano do Sul.

Bandeira
Indicadores:

Área - 248,2 mil km²
População - 41,2 milhões de habitantes (2010)
Densidade Demográfica - 166,2 hab./km²
Expectativa de Vida - 74,8 anos
Mortalidade Infantil - 14,5%
Analfabetismo - 4%
IDH - 0,783
Principais Cidades - São Paulo, Guarulhos, Campinas, São Bernardo do Campo, Santo André, Osasco, São José dos Campos e Ribeirão Preto.

RELEVO

O relevo paulista é caracterizado por planícies, morros, serras, planaltos e depressões. As planícies concentram-se basicamente na área entre o oceano e a Serra do Mar. Há áreas em que elas estreitam-se bastante adquirindo grande proximidade com o mar.

Esta serra é um conjunto de elevações e de terrenos acidentados, onde logo desenvolvem-se ondulações. É aí que surge o planalto cristalino, onde encontramos a Serra da Mantiqueira. A elevação mais alta do estado localiza-se aí, é a Pedra da Mina, com mais 2.700 metros de altura.

Já o Planalto Ocidental constitui a maior parte do relevo paulista, considerada um rebordo da Serra Geral.

HIDROGRAFIA

A Bacia Hidrográfica do Paraná é a bacia que mais destaca-se no estado de São Paulo. Dentre os rios, o mais importante é o Tietê, que nasce na cidade de Salesópolis a atravessa a capital, onde encontra sérios problemas de poluição.


Entre outros importante rios, principalmente pelo potencial hidroviário e energético, temos o Paraná, Paranapanema, Paraíba do Sul e Grande.

CLIMA

O clima de São Paulo costuma variar muito dependendo da região. No litoral, o clima tropical domina e as épocas de pouca chuva são bem pequenas. Nas outras regiões, é verídica a existência de uma estação com altos índices de pluviosidade e outra de seca durante o ano. Nos lugares com mais altitude, como é o caso de São José dos Campos, a cidade mais fria fora da região sul, o clima tropical de altitude apresenta sempre quedas nos termômetros no inverno.

Apesar da maior parte do estado estar na zona tropical, o extremo sul, próximo a divisa com o Paraná, apresenta-se dentro da zona temperada, assim como os estado sulistas do nosso país.

VEGETAÇÃO

Assim como acontece em qualquer outro lugar, a vegetação de um local depende muito do clima e do relevo. É pensando assim que temos uma divisão entre a grande variação de espécies vegetais no estado. No litoral, há ocorrência mangues e cobertura tropical diante da Serra do Mar.

Partindo para o interior, as paisagens começam a assemelhar-se com o cerrado, principalmente dispersos pelos planaltos da região.

Porém atualmente existe pouco do que já foi a vegetação paulista, sendo perdida principalmente para o crescimento do urbanismo e as atividades agrícolas.





Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »