Indústrias de bens de consumo, de bens de capital e de bens de produção


A indústria é um setor econômico muito complexo e que envolve diversas características distintas dependendo do interesse da produção. E é conforme este aspecto que costumamos dividir as atividades industriais em três tipos básicos: indústrias de bens de produção, de bens de capital e de bens de consumo.

Indústria de bens de produção (indústria de base, pesada ou extrativa)

As indústrias de bens de produção são aquelas relacionadas com a extração de matéria-prima da natureza, sem alterar suas propriedade fundamentais. Assim, este tipo de indústria constitui-se como base de todo sistema industrial, visto que produzem produtos ou energia para outras indústrias.
Estaleiro Brasfels, no Rio de Janeiro
Um exemplo são as indústrias de produção mineral, que extraem minério de ferro da natureza, e a indústrias madeireiras, que extraem madeira das florestas. Em ambos os casos, a matéria-prima será usada por outras indústrias (a indústria moveleira, por exemplo, utiliza-se da madeira da florestal).

Este tipo de indústria deve ficar sempre próximo às regiões de extração e também dependem de uma malha de transportes para escoar a produção. O uso de energia também é intenso. Na grande maioria dos países, os elevados custos de instalação e operação destas indústrias inviabiliza o domínio do setor privado, fazendo do Estado o grande financiador deste tipo de processo produtivo.


A indústria de base diferencia-se do extrativismo, do setor primário, por empregar um elevado número de investimentos e grande mão-de-obra, algo típico do setor secundário.

As indústrias siderúrgica e petroquímica também são exemplos de indústria de base.

Indústria de bens de capital (indústria intermediária)

Esta é a indústria responsável por transformar o que é produzido na indústria de base em máquinas e ferramentas que serão usadas na indústria de bens de consumo. Como exemplo, podemos citar a produção de autopeças (rodas, pneus) e a indústria mecânica (trator, máquina industrial). Muitas vezes, as indústrias intermediárias são classificadas como um caso especial de indústria de base.

Indústria de bens de consumo (indústria leve)

Este tipo de indústria é a que produz o produto final, aquele que será vendido diretamente ao consumidor. Desta forma, ela depende da proximidade com o mercado consumidor e não da matéria-prima. Além disso, apresenta retornos de investimentos de forma mais rápida e necessitam de menos energia.


Podem ser dividias em dois tipos:

Indústria de bens duráveis: Produzem produtos não-perecíveis (que "duram"), como é o caso da indústria automobilística, de eletrônicos, eletrodomésticos, robótica, etc.

Indústria de bens não-duráveis: Produzem produtos perecíveis, isto é, de primeira necessidade. Como exemplo, podemos citar a indústria de remédios, têxtil, de calçados, alimentícia, etc.

Podemos resumir as informações acima desta forma:
Clique para ampliar

Fernando Soares
Fernando Soares

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »