Enclave e exclave

Enclaves são regiões (independentes ou não) que ficam dentro de outra nação, não tendo divisa com outro país, ficando cercado ou “enclaustrado” dentro do território alheio. Um exemplo de enclave é Lesoto, encravado dentro do território Sul-Africano.

Um enclave também pode ter saída para o mar, porém ela deve ser restrita a divisa com um único país. Um exemplo é Brunei Darussalam, um país independente localizado na ilha de Bornéu, é considerado um enclave pois tem apenas uma pequena saída para o oceano, fazendo divisa somente com a Malásia.

Enclave Fictício
No exemplo acima, temos um enclave fictício, em que o território C (pertencente ao A) fica localizado dentro do território B, sendo assim tal território C é enclave do território B.

Usando o exemplo acima, também temos um exclave, só que desta vez entre território A e C, já que C é parte constituinte de A, porém ficando desanexado do território do país. Exclave é exatamente isto, uma parte do território de certa nação enclavado em outro país, sendo assim, um exclave também pode ser um enclave, mas isto não é uma regra.

Brunei também tem uma parte desanexada dentro do território malaio, sendo assim, o país é um enclave e tem parte do seu território como exclave também dentro da Malásia. Kaliningrado é um exclave russo fora do território do país, estando localizado entre Polônia e Lituânia, porém neste caso não é um enclave, pois faz divisa com mais de um país.

Nesta confusão de exclaves e enclaves, temos um que chama atenção, é o chamado Enclave Bangladesh-Índia, que são uma série de exclaves, 102 indianos dentro de Bangladesh e 71 bengalis dentro da Índia. Mas não para por aí, pois existem cerca de 28 contra-conclaves, territórios que ficam dentro do enclave de Bangladesh que por sua vez fica dentro do território indiano e 1 contra-contra-conclave, um enclave Indiano que fica dentro de um território de Bangladesh que, por sua vez, fica localizado em um enclave da Índia dentro de Bangladesh.

Share

Meu nome é Fernando Soares de Jesus, natural de Imbituba/SC, geógrafo pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestrando na área de Desenvolvimento Regional e Urbano na mesma instituição. Criei este blog ainda no Ensino Médio, em meados de 2013, com o objetivo de compartilhar e democratizar o conhecimento geográfico, desde o campo físico até o campo humano, permitindo seu acesso de maneira clara e descomplicada.

One Ping

  1. Pingback: A cidade italiana que fica dentro da Suiça

3 Comments

  1. Kleber Reply

    “…Kaliningrado é um exclave russo fora do território do país, estando localizado entre Polônia e Lituânia, porém neste caso não é um enclave, pois faz divisa com mais de um país….” poderianos pensar que kaliningrado é um enclave russo Na união Europeia, pois lituania e polonia fazem parte da união Europeia?

  2. David da Silva Santos Reply

    Sabe-se que a “igreja” católica não é um igreja, mas um Estado teocrático. Esse Estado dentro do Brasil é um enclave, exclave ou o quê? Por favor, a resposta é importantíssima e pode até ser enviada por e-mail. Obrigado

    1. MARCOS OLIVEIRA Reply

      Neste caso… o Vaticano é o Estado representante da Igreja Católica (religião). O mesmo é um enclave dentro da Itália. A representatividade/atuação/prática/uso/etc da religião dentro de um Estado não está enquadrado neste caso “geográfico” – Enclave -, por mais que exista a relação Brasil-Vaticano (neste caso, o território). Algo que responde ao seu questionamento é Monte Athos, na Grécia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *