Economia da Ásia

Economia da Ásia

A Ásia é o maior continente do mundo, localizado quase inteiramente no hemisfério norte, fronteiriço por terras emersas com a África (através do canal de Suez, no Egito) e a Europa (pelo Caucásio e Montes Urais, apesar das polêmicas na divisa dos dois continentes).

Economicamente falando, os países que mais destacam-se pela industrialização mecanizada são o Japão, Coreia do Sul e Israel. A produção de arroz, por exemplo, é muito forte no Japão (apesar dos poucos recursos naturais) e na China. Estes dois países também destacam-se na produção de pescado.

A Ásia também vive um momento de grande crescimento econômico desde as últimas décadas, como é o caso do grande crescimento econômico chinês e indiano, e dos Tigres Asiáticos, nações que tiveram um excelente crescimento desde a década de 80, como é o caso da Coreia do Sul, Taiwan, Hong Kong, Malásia, entre outros.

Países mais subdesenvolvidos do continente ainda tem uma economia que gira em torno da agropecuária e extração pouco mecanizada.

O Japão, por exemplo, também tem grande domínio no mercado de eletrônicos, com grandes empresas que figuram entre as maiores do mundo, caracterizando a nação como grande exportadora neste quesito, apesar de ser um importador massivo no setor primário.

O petróleo é um grande vapor da economia no oeste asiático, em países do chamado Oriente Médio, onde o produto já gerou e ainda gera guerras neste região, porém também contribuem no crescimento de muitas nações que beneficiem-se com este extrativismo.

Share

Meu nome é Fernando Soares de Jesus, natural de Imbituba/SC, geógrafo pela Universidade Federal de Santa Catarina e mestrando na área de Desenvolvimento Regional e Urbano na mesma instituição. Criei este blog ainda no Ensino Médio, em meados de 2013, com o objetivo de compartilhar e democratizar o conhecimento geográfico, desde o campo físico até o campo humano, permitindo seu acesso de maneira clara e descomplicada.

One Ping

  1. Pingback: van cleef & arpels engagement ring fake

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *