Geologia: Os tipos de rochas

As rochas são resultados de reações entre diferentes minerais que, ao passar dos anos, sofrem processos químicos. Porém, o processo diferencia-se entre uma e outra, propiciando diferentes classificações.

Ao total, temos três tipos: Rochas Ígneas ou Magmáticas, Sedimentares e Metamórficas.

Rochas ígneas ou magmáticas

Este tipo de rocha é oriunda da solidificação do magma presente em camadas mais profundas da Terra. Ela subdivide-se em outros dois tipos: intrusiva e extrusiva.

A rocha magmática intrusiva tem como principal característica a formação no interior terrestre. Ex: Granito.

Um bom exemplo para a formação da rocha acontece nos vulcões que, por algum motivo, não expele lava até a parte de fora, ficando aprisionada no interior da Terra. Ao passar dos anos, o magma solidifica-se formando uma rocha do tipo intrusiva.

Já o tipo de rocha extrusiva solidifica-se do lado externo da Terra. Ex: Basalto.

Rochas sedimentares

A Rocha Sedimentar é formada pela mistura de sedimentos de outros minerais ou diferentes sedimentos, sofrendo também por agentes externos como a chuva e o vento. Também subdivide-se em três tipos: Detríticas, Químicas e Orgânicas.

As rochas do tipo detrítica são necessariamente formadas pela mistura de outros minerais. Ex: Argila

As do tipo química são formadas com a ação da água em algum tipo de mineral, geralmente demoram milhões de anos, muito comum no interior das cavernas. Ex: Estalagmite e Estalactite.

Por último as orgânicas são um resultado da mistura de materiais orgânicos (árvores, animais mortos, etc.), que, com o passar do tempo, transformam-se em rochas. Ex: Carvão Mineral.

Rochas metamórficas

Rochas Metamórficas são oriundas de algum tipo de metamorfose, sofrida pela pressão e temperatura nas entranhas das camadas da Terra. Elas geralmente tem alteração na sua composição química. Ex: O Gnaisse, formado pelo granito e o mármore, pelo calcário.

Share

Meu nome é Fernando Soares de Jesus, natural de Imbituba/SC, estudante do curso de graduação em Geografia na UFSC e futuro geógrafo e professor. Criei este blog ainda no Ensino Médio, em meados de 2013, com o objetivo de compartilhar e democratizar o conhecimento geográfico, desde o campo físico até o campo humano, permitindo seu acesso de maneira clara e descomplicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *