Resumo: Diferenças entre socialismo, comunismo e capitalismo

Fernando Soares de Jesus

Meu nome é Fernando Soares de Jesus, natural de Imbituba/SC, estudante do curso de graduação em Geografia na UFSC e futuro geógrafo e professor. Criei este blog ainda no Ensino Médio, em meados de 2013, com o objetivo de compartilhar e democratizar o conhecimento geográfico, desde o campo físico até o campo humano, permitindo seu acesso de maneira clara e descomplicada.

10 Resultados

  1. Conseguiram te doutrinar! Reveja o teu texto, por favor! Os dois últimos parágrafos constituem-se em aberrações conceituais.Vemos no último: Países socialistas (Cuba, por exemplo), são vistos como mais fechados. Eles não são vistos (como se fosse uma opinião), ELES SÃO OS MAIS FECHADOS. É proibido ao cidadão de sair dele. Tente furar as cercas da Coréia do Norte. Com certeza, seu corpo ficará com um quilograma a mais pelo chumbo que receberá! Cuba socialista? Bah, cara! Regime totalitário que matou através das armas mais de um quarto de sua população para implantar o marxismo. E muitos mais de fome! Quanto a desigualdade? No comunismo todos são iguais, verdadeiros escravos, menos os chefes, minguando de fome e sem amparo estatal pois o estado (e tudo o que se produz) é destinado ao Ditador e sua camarilha de chefes.

    • Olá, Hilário! Não julgo sua opinião sobre o socialismo. Cada um tem livre arbítrio de interpretar a história como quiser. Mas não entendi sua postulação acerca dos dois últimos parágrafos. Os países socialistas de hoje são vistos como os mais fechados. E não coloco isto como uma opinião. Realmente, eles os são (acredito que nem o mais assíduo marxista negaria isto, nem que seja, na visão destes, para defender o regime do capitalismo externo). Em relação a busca pela igualdade, realmente o socialismo, em tese, visa a extinção das classes sociais. Se isto foi colocado em prática ou não dentro dos regimes comunistas, é, como eu disse, interpretação histórica da cada um. Eu tenho meus posicionamentos, alguns mais à esquerda, outros, não, e você pode ter o seu. Espero que continue lendo o Geografia Opinativa.

  2. Edgard disse:

    Bela iniciativa, Fernando! Meus parabéns! Precisamos submeter o nosso país a uma profunda transformação. Para tanto, devemos, como bem sabemos, partir da educação. Espaços para discussão de assuntos relevantes, a exemplo do tema que você aborda, devem ser aproveitados para, respeitosamente, debatermos e buscarmos a ampliação do nosso conhecimento e, consequentemente, alimentarmos em nós, a possibilidade de um Brasil melhor. Um grande abraço, Fernando!

  3. Lucas Hideki disse:

    ainda não entendo porque que tem tanta gente condenando o comunismo…

  4. Lukas Perin disse:

    bom… o Capilaismo não é o melhor modelo de economia…. mas é o único que funciona, podemos tirar isso vendo os comparando a Coréia-do-Norte e a do Sul, Onde norte é um país totamente falido sem alimento, e o outro cresce mais que Bambu depois do segundo ano de vida, Marx nem deveria ter existido, aquele psicopata genocida barbudo, que mascarava suas ideias e quando dava errado colocava sua culpa em outra coiisa.

    “As classes e as raças, fracas demais para dominar as novas condições de vida, devem ser submetidas à dominação.
    Quando a revolução socialista acontecer, quando a guerra de classes acontecer, haverão sociedades primitivas na Europa dois estágios atrás, porque elas nem sequer são capitalistas ainda.
    Os bascos, os bretões, os escoceses, os sérvios, que chamo de “lixo racial” tem que ser destruídos porque, estando dois estágios atrás na luta histórica, será impossível trazê-los ao nível dos revolucionários.
    Os húngaros e os povos eslavos são imundos e a Polônia não tem razão para existir.
    As classes e as raças, fracas demais para conduzir as novas condições de vida devem deixar de existir. Elas devem perecer no holocausto revolucionário.”

    -Karl Marx O lixo humano

    • alcides57 disse:

      Karl Marx e a sua teoria expressada no seu livro “O Capital” jamais foi contestada. A transferência de renda que há nas classes sociais no mundo, sempre dos mais pobres para os mais ricos permanece absoluta. Quanto à forma dele fazer valer o seu regime pela força e submissão é uma grave doença da alma. Mas isso existe nos demais regimes econômicos do mundo. No momento atual estamos vendo isso claramente. Alguns postos de comando foram alcançados por pessoas que pensam como Marx, Stalin, porém sob outro regime, o capitalista. E assim toda a humanidade corre riscos de desagregação social e econômica com consequências desastrosas. E isso já foi previsto, as profecias estão sendo cumpridas e Deus prevalecerá. Então os maus serão extirpados e haverá um só Senhor. DEUS!

  5. Felipe Tartuce disse:

    Se nem o socialismo deu certo, imagina o comunismo.
    O ser humano tem a tendencia a ser preguicoso, se nao houver o estimolo do capitalismo de conquistar as coisas a nacao nunca ira crescer e cada vez mais ira regredir.
    Nao ha nenhum sistema perfeito, porem o capitalismo eh o que se mostra mais eficiente hoje em dia.
    Se pegarmos a parte boa de todas as doutrinas teremos uma nacao forte e igualitaria, veja alguns paises na europa que visam diminuir a diferenca entre as pessoas dando estudo e condicoes de trabalho, sem falar no baixo nivel de corrupcao.

    • Felipe disse:

      eu apoio o capitalismo mas suas “defesas” ao mesmo, qualquer um encontra em um blog qualquer, tente convencer de forma mais integra essa sua visão em relação ao estimulo, é no mínimo estupida, podemos ter o estimulo de ajudar ao próximo, por exemplo, então em resumo o capitalismo nem o socialismo muito menos o comunismo, é uma saída para um mundo de desgraça, pois mesmo que o comunismo seja implantado(por meio de uma guerra que mataria muita gente) não seria nem de longe um mundo de paz já que aqueles que perderam amigos e familiares na guerra contra o capitalismo ficariam revoltados, espero um dia viver em um mundo capitalista com direitos básicos como a educação e a saúde, sem planos sócias que visam o comodismo e a conversão, e sim que planos de governo que estimulem o pais e que crie empregos.

Deixe uma resposta